Pessoas com esquizofrenia também se beneciam ao praticar mindfulness

A esquizofrenia é uma condição grave, crônica e debilitante, e continua sendo um dos transtornos psiquiátricos com maior carga social, dada sua gravidade. Apesar dos inegáveis progressos no tratamento, poucos pacientes experimentam recuperação funcional total, com cerca de um terço dos pacientes mantendo um nível significativo de sintomas. Tais fatores contribuem decisivamente para a baixa…

Que habilidades eu desenvolvo com a prática de mindfulness?

Existem diferentes habilidades que aprendemos a cultivar com a prática de mindfulness. Com base em diferentes autores, podemos resumir algumas das principais: 1.- Atenção e concentração Em mindfulness, a atenção e a concentração são uns dos aspectos fundamentais. São descritas como a capacidade de manter a atenção sobre um tópico específico de forma sustentada e focada,…

A prática de mindfulness pode modificar nosso cérebro?

É extremamente interessante e motivador que as pesquisas demonstrem que existem múltiplas alterações cerebrais, positivas, que ocorrem a partir da prática diária e regular de mindfulness. Essas mudanças positivas são observadas nos testes de neuroimagem (como a ressonância magnética), exames que nos permitem observar a estrutura cerebral, a espessura das diversas partes, como também o…

Saiba o que é “tecnoestresse” e como usar mindfulness para preveni-lo

O termo “tecnoestresse” se refere à percepção aumentada de estresse devido ao excesso de estímulos tecnológicos. É importante deixar claro que as tecnologias são excelentes e muito úteis em inúmeras ocasiões (aprendizagem e relações sociais, por exemplo). O problema está relacionado ao seu uso disfuncional ou inadequado, que pode nos levar à sensação aumentada de…

O que é a compaixão segundo a psicologia? Tem a ver com mindfulness?

A palavra “compaixão” gera muita confusão em português, sendo frequentemente confundida com “piedade” ou “dó”, o que implica num sentimento de superioridade em relação à pessoa que está mal. Por outro lado, a compaixão tem entrado cada vez mais na medicina e psicologia como uma ferramenta para o desenvolvimento de habilidades socioemocionais, cada vez mais…